Saques do FGTS começam em 13 de setembro e vão até março

Os trabalhadores poderão fazer o saque de cada conta que possuírem no FGTS, sejam ativas ou inativas (do emprego atual ou dos anteriores).
2995643e-5301-4bce-9c6d-fdea92dad4ca

A Caixa anunciou na manhã de hoje o cronograma de liberação do saque imediato de parcela de até R$ 500 por conta ativa ou conta inativa do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). A previsão do governo é de que as medidas injetem R$ 30 bilhões na economia este ano e R$ 12 bilhões no próximo.

Os trabalhadores poderão fazer o saque de cada conta que possuírem no FGTS, sejam ativas ou inativas (do emprego atual ou dos anteriores).

Os saques começam em 13 de setembro para quem tem conta poupança da Caixa e em 18 de outubro para quem não tem. Para quem tem, o valor será depositado automaticamente. No caso de não desejar retirar os recursos, é necessário informar ao banco até 30 de abril de 2020, para que os procedimentos sejam tomados e os valores retornem à conta vinculada ao FGTS. Segundo o banco, cerca de 33 milhões de trabalhadores receberão crédito automático em conta poupança.

Notícias recomendadas para você!

NOSSOS APOIADORES